john-locke-e-a-arte-de-perceber-pelos-sentidos

 

Fala Freela, tudo bem? Você já ouviu falar em John Locke? Ele foi um filósofo inglês que viveu entre 1632 a 1704 e tinha como base de sua teoria rejeitar o pensamento no qual as ideias eram inatas ao homem. Ele afirmava que todo conhecimento vem da experiência, portanto, daquilo que era percebido pelos sentidos.

Locke foi mais longe ainda: concluiu que a única coisa que pode ser inata no homem é a sua capacidade de perceber claramente as ideias dos fatos singulares. Pensar é sempre pensar em algo recebido pelas sensações impressas em nossa mente. A experiência nada mais é do que a observação tanto dos objetos externos como das operações internas da mente.

E aí, entra nossa vida profissional…

Trabalhamos com a criatividade, ou pelo menos uma parte do trabalho do nosso dia a dia exige um pouco dela, já falamos por aqui sobre as referências e o quanto ela é importante para nós, mas hoje amigo freelancer, quero reforçar a necessidade de aprofundarmos nos assuntos que envolvem nossa profissão.

Não  podemos viver de aparências, nos comportando diante de  nossos  clientes como verdadeiros especialistas, quando  na verdade temos apenas um conhecimento teórico e raso. Se o conhecimento vem da percepção dos sentidos, então precisamos desse conhecimento empírico, aguçar os sentidos, ter tato para o negócio, treinar e experimentar. Todos os dias.

E temos aqui uma oportunidade de crescimento, de mergulhar fundo nos problemas que batem a nossa porta através dos nossos clientes. São problemas de comunicação, de marketing, de posicionamento seja lá o que for. Encare isso como um desafio, procure entender, sentir na pele, estudar, testar, quebrar a cabeça e no final apresentar a melhor solução para o seu cliente.

Com o tempo, enquanto transformamos tudo isso em informação e conhecimento, vamos ganhando know-how e credibilidade. Criando um repertório de ideias que nos faz crescer. Claro, a cada dia aparecerão novos desafios e isso é  muito bom, e com certeza estaremos cada vez mais  preparados.

É isso, aproveite os conselhos de John Locke, amplie seu potencial, cresça muito e através da experiência, desenvolva um processo de melhoria contínua.

Se curtiu o tema compartilhe em suas redes sociais preferidas e fique a vontade para comentar, será um prazer trocar ideia com você.

Um abraço e até a próxima.