Pois é amigos leitores, esse é infelizmente um conceito comum que eu percebo dos empresários de um modo geral em relação ao nosso trabalho. Que Freelancer trabalha pouco!

Isso sem falar em alguns profissionais, novatos e veteranos que acham que ser autônomo é acordar a hora que quer no esquema Casa da Mãe Joana! A não ser que você trabalhe com uma mega antecipação e seja muito disciplinado meu amigo, nesse formato um dia a casa vai cair!

Foi pensando nessa questão é que eu resolvi escrever esse artigo em formato de relato próprio para vocês entenderem que para sobreviver como freelancer nesse mercado competitivo em que vivemos é preciso ter focoplanejamento e muita disciplina.

Só para vocês entenderem um pouco o que vou dissertar abaixo, é preciso que vocês saibam que eu tenho atualmente 40 anos, sou casado e tenho 2 filhos. O primeiro de 12 anos tem Síndrome de Asperger (vocês entenderão a importância de eu ter citado isso durante o texto) e a caçula tem 7 anos. Ambos estudam na mesma escola na parte da manhã, e eu sou freelancer há 5 anos.

Vamos lá:

Então você acha que freelancer trabalha pouco?

Então você acha que freelancer trabalha pouco?

Deus ajuda a quem cedo madruga!

entao-voce-acha-que-freelancer-trabalha-pouco-004

Meu dia é dividido em 3 turnos e começa pontualmente às 6 horas da manhã. Nessa hora, a minha esposa já está no ponto de ônibus à caminho do trabalho. Ela é recepcionista num hotel e pega às 7 horas no batente. Ela deixa o almoço pronto antes de sair, ou parte dele, dependendo de como for o dia.

Levanto, tomo um banho rápido e preparo o café da manhã e o lanche das crianças antes de acordá-los às 6:45h. Eles pegam 7:30 na escola, que fica há 15 minutos daqui. Nós vamos à pé todos os dias e nossa rua é MEGA íngreme com duas ladeiras bastante puxadas, mas já nos acostumamos.

Ao deixá-los na escola, eu chego em casa e tomo o meu café da manhã e pontualmente às 8h eu já estou no meu notebook pronto para trabalhar. Meu primeiro turno começa com MUITA leitura, burocracia e planejamento. Demandas como ler e responder e-mails, organizar as demandas do dia e leitura de Feeds RSS duram boa parte da manhã e sigo trabalhando até às 11:45h quando toca o meu alarme denominado “Showtime“.

Todos os dias eu trabalho com projetos em WordPress.

Todos os dias eu trabalho com projetos em WordPress.

Em geral eu consigo dar conta tanto dos e-mail quanto a leitura de Feeds RSS até umas 10h. À partir daí eu sigo planejando tudo que eu tenho na época. Como eu tenho 7 clientes fixos, e alguns jobs sazonais, cada dia é de um jeito. Tudo vai depender dos projetos em que eu estiver atuando. Portanto, não há como definir o que faço no restante do primeiro turno para vocês porque não há rotina nessa hora. O fato é que, se o alarme não tocar, eu simplesmente não paro por causa do foco.

Showtime. Primeiro intervalo do dia!

entao-voce-acha-que-freelancer-trabalha-pouco-012

Ao chegar em casa com as duas mochilas das crianças nas costas, é hora de esquentar o almoço, dar banho nas crianças e colocar o almoço. Lembram que eu disse que a minha rua é bastante íngreme? Pois é, nos dias mais quentes a água fica tão fraca, mais tão fraca que ela não consegue subir até a caixa d’água e nem na rede hidráulica da minha casa, e aí tenho que dar banho nos meus filhos de balde. Isso mesmo meus amigos, de balde!!! E o meu filho mais velho não consegue fazer isso sozinho e tenho que auxiliá-lo nessa demanda, além de ter que ficar regulando a caçula que briga para entrar no chuveiro e reclama para não sair (normal né!?).

entao-voce-acha-que-freelancer-trabalha-pouco-005

Aproveito o almoço para descansar um pouco e em geral assisto alguma série para relaxar. Faço isso até as 14h quando toca o meu alarme “2º tempo“, e então volto ao trabalho novamente!

2º tempo. Hora da produção pesada!

Geralmente nessa hora eu trabalho em cima de códigos HTML/CSS, configuração de WordPress, gestão de conteúdos, atualização de imagens, e tantas outras demandas repetitivas e comuns em vários projetos. É a produção no sentido bruto da palavra. Abro o meu gestor de tarefas, leio a demanda e seus detalhamentos, abro o Photoshop, WordPress e DreamWeaver e caio dentro. A vantagem desse turno é poder interromper a tarefa a qualquer momento sem prejudicar a produção, pois como tudo está anotado, basta ver onde parei e retomar em seguida.

Falo isso porque é justamente à tarde o horário em que o meu telefone mais toca, e sou mais interrompido no que estou fazendo. Na verdade começa a tocar mesmo lá pelas 11h e 12h. Mas os meus clientes veteranos já se acostumaram com os meus horários e não ligam mais nesse horário, é mais os novos que ainda não se adaptaram à minha disponibilidade.

Criação de peças digitais com Photoshop.

Criação de peças digitais com Photoshop.

No 2º tempo costumam rolar também algumas reuniões com os meus clientes também. Sejam remotas ou presenciais. Depende dos projetos e das produções em que eu estiver na época. Normalmente usamos o Skype ou Hangout para as reuniões remotas, além do Google Docs ou Evernote para as pautas. O limite deses encontros é sempre de no máximo 2h, e óbvio, toca um alarme avisando o estourou o limite!

Homework. É hora de dar um pouco de mais atenção para as crianças!

16 horas então eu corro para cozinha e preparo o lanche dos filhotes e então chega a minha esposa do trabalho. Todos nós lanchamos e ela aproveita para descansar um pouco antes de definir se vai precisar fazer o jantar ou só o almoço do dia seguinte. Então às 17h eu começo a fazer a lição de casa com as crianças e em geral termino uma hora depois. Com exceção da semana de testes e provas em que a minha esposa faz uma arguição mais pesada fazendo o “papel da fiscal de prova” com eles. Sempre dá certo e eles estão muito bem na escola, obrigado!

Hora de fazer o dever de casa com os filhotes.

Hora de fazer o dever de casa com os filhotes.

3º e último tempo. Chegou a vez de fazer uma faxina no GTD do dia seguinte!

Volto então ao trabalho até às 20h ou 21h, terminando as últimas demandas do dia, em especial as de criação, se houverem. Antes do fim do expediente, reviso todas as demandas feitas do dia, ajusto todas as alterações e reorganizo tudo o que precisa ser feito no dia seguinte e assim tenho um panorama de como será o próximo dia. Dessa forma, eu tenho um parâmetro se posso ter flexibilidade para uma exceção ou não, caso ocorra.

A "parede do planejamento" é revisada todos os dias com GTD.

A “parede do planejamento” é revisada todos os dias com GTD.

Mas nada disso seria possível, se eu não tivesse em mente as palavras que eu disse no começo desse artigo: “focoplanejamento e muita disciplina“. Sem elas, os meus turnos estariam quebrados e dificilmente teria a chance de ser tão assertivo com tantas demandas assim. Lembrando que para mim, ser freelancer tem apenas dois universos:

Trabalhar nos projetos em que eu quero e participar efetivamente da vida da minha família vendo os meus filhos crescerem.

Todo o meu universo freelancer gira em torno dessas duas frentes e o relato desse artigo mostra claramente isso. Será que agora depois de você ler tudo isso você ainda acha que um freelancer trabalha pouco? Acho que não né!? 😉