Itunes_podcast_icon_300 Assine o nosso feed no iTunes!

Informação gratuita e em grande quantidade, bolhas de reforço positivo e uma pitada de domínio cultural nos levaram a um estado de coisas no qual o “outro” não existe enquanto personagem necessário ao discurso. Vivemos em monólogos simultâneos e, por isso mesmo, extremados. Gritamos para não sermos ouvidos, não ouvimos os gritos alheios e “amamos” e “odiamos” tudo o que nos é oferecido na mesma medida.

A falta de meio termo nos impede, então, de interagir com aquilo que não concordamos mas que, até por isso, é necessário para reforçar nossas ideologias e, claro, amadurecer.

ff92_Base-Slider-FF-640-x-303

Como combater isso? Será importante mesmo conhecer pensamentos contrários ou “está bom do jeito que está, deixa assim”? Qual a linha de corte neste tipo de comportamento? Até que ponto precisamos deixar a opinião contrária aparecer em nosso radar? Muitas questões, como sempre, e a mesma vontade incansável de debatê-las. É isso que você vai encontrar na meia hora mais valiosa do seu dia.

Dê o PLAY, faça o DOWNLOAD, ouça e compartilhe. Mesmo que não concorde.

Linkania

~> Faça sua resenha na iTunes Store para dar uma moral em nosso podcast
~> Mande sua mensagem de voz para o FalaFreela100!
~> Dê uma olhada no trabalho da Contém Conteúdo, ou envie um e-mail para conhecer nosso processo de Curadoria;
~> Livro “Duas Viagens ao Brasil”, contando a história do Hans Staden
~> Nunca é demais indicar o livro “O Filtro Invisível“, de Eli Pariser que aborda, entre outras questões, as bolhas de reforço positivo;
~> Paul Miller, jornalista americano que topou ficar 1 ano sem internet.

Participaram deste episódio

~> Mauro Amaral: diretor de criação da Contém Conteúdo;
~> Carolina Vigna-Maru: ilustradora que está no lagartixa.org;
~> Cristiano Santos: design, videocaster e publicando sempre no cristianoweb.net
~> Felipe Pavão: desenvolvedor com atuações na XDevs.me e, claro, storme.com.br

Ficha técnica do #falafreela91

Gravado em 05/06/2013, ouvindo de tudo um pouco. Você ouviu ao fundo: Black Betty (Lynkyr Skynyrd), Stars On 45 (the Ultimate Party Machine) e faixas do álbum de estreia do excelente Of Monsters and Men.

E agora, nada de mimimi: comente por e-mail, Facebook, Twitter, Google+ e Pinterest!

zp8497586rq